sábado, 21 de maio de 2016

Sinto Falta...

Nessa madrugada fria, tenho a chuva como companhia e o frio que me lembra você. Sinto falta das nossas madrugadas e dos beijos intermináveis que me arrancavam suspiros. Sua pele quente aquecia até minha alma e fazia meu corpo transpirar prazer e vida. Sinto falta do perfume e de tudo que me transformava na flor que você colhia todas as manhãs quando me acordava com um beijo. Sinto falta da areia em meus pés e da sua mão segurando a minha enquanto andávamos sob o calor do Sol. Abri os olhos e novamente senti o frio da minha cama enquanto a chuva se intensifica. Os trovões me assustam e não tenho você para me abraçar e sussurrar em meu ouvido que está tudo bem. Te quero de novo, um dia apenas e depois poderei prosseguir.

- Silvana Hennicka