sábado, 16 de janeiro de 2016

Tive um namorado Gay

Quem nunca se sentiu usada por um homem que não tem coragem de assumir que é Gay? Aconteceu isso comigo recentemente e é bem frustrante, pois de cara você não sabe o que tá rolando. Sério, antes mesmo de te beijar o cara pega na sua mão pra entrar na balada e te apresenta para os amigos como namorada? Ops, que porra é essa, você pensa? Será que ele está realmente interessado em mim? Você então abre um sorriso de orelha a orelha e se sente a criatura mais sortuda do universo. Tudo parece perfeito até vocês voltarem pra casa e amanhecerem no sofá assistindo Love Songs no Youtube. Você pensa: nossa, esse homem é pra casar, pois está me respeitando... OTÁRIA!! Mas antes de ele ir embora você parte pra cima e rouba um beijo, que, para o seu azar é maravilhoso. Na noite seguinte vocês saem novamente e aí sim ele te beija em público, massssssssssssssss, na hora que vocês chegam em casa e vão pra cama, ele dorme. Ou você é muito feia.... não, não é, aliás, você é um mulherão que muitos dariam parte do fígado para "pegar", e ele... ele dorme. Você enfia dentro dessa sua cabeça sem discernimento, que ele só está te respeitando. Ah! Vá se catar! Na terceira noite juntos, finalmente acontece o tão esperado ato sexual que na sua opinião, não foi lá aquelas coisas, mas você ainda está deslumbrada com a primeira vez que ele entrou na festa de mãos dadas com você e ignora o fato de que ele não gosta de mulher. Passam alguns dias e ele te troca pelos amigos HOMENS. Na segunda noite que você pensa que o sexo vai rolar, afinal não se viam há três semanas, ele não dá no couro e você fica mais frustrada. Na pior e última noite, ele bebe todas e diz que precisa dormir. Você passa a noite filosofando com seus botões e no dia seguinte manda ele plantar babatas em algum terreno baldio, afinal você não é mulher pra andar de mãos dadas e ser chamada de amor em público e não ter sexo de qualidade entre quatro paredes. Você não é promíscua, mas se está em um relacionamento, tem que ser com um hétero, ou pelo menos com alguém que gosta da sua "fruta".

- Silvana Hennicka!