domingo, 31 de janeiro de 2016

Pela Eternidade

Você me faz assim, feliz, apenas por existir. Você me traz paz, apenas pelo som da sua voz. Você me causa saudade de algo que nunca tive. Você faz minhas noites mais calmas com palavras doces. Não sei se posso medir uma coisa tão irreal, ou se algum dia conseguirei ver além da janela da varanda, mas de uma coisa tenho certeza, já está sendo muito bom. Esta noite, ao conversar com a Lua, eu pensei em você e em como vai ser. Sentirei saudade? Lembrarei do seu cheiro e do seu toque? Fugirei em uma noite de inverno apenas para que você possa me aquecer? Acenderei uma vela para iluminar o quarto enquanto você navega no meu corpo? Te quero, mas não para sempre, te quero o suficiente para que sejamos um só e deixemos a felicidade transbordar em nossa curta existência como seres humanos. O medo se transforma em sonhos quando penso que pode ser eterno, mas os sonhos se transformam em dúvidas, quando penso que posso te necessitar dia após dia e ser assim, escrava do seu existir. Por hora, eu ficarei aqui, pensando, mas assim que o Sol invadir o meu dia, eu abrirei as portas da minha vida, libertando assim, minha alma da prisão da insegurança e voltarei a acreditar que o amor é o melhor sentimento que podemos ter em nossos corações.

- Silvana Hennicka