quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Amor Passageiro, Porém Verdadeiro

Não acredito em um amor para o resto da minha vida. Acredito em um amor que me arranque sorrisos enquanto durar. Não precisa nem me fazer feliz, pois essa é uma função que só cabe a mim, dele quero apenas que pague o jantar e abra a porta do carro.

- Silvana Hennicka