domingo, 15 de novembro de 2015

Não me liberte de você

E por que você precisa me libertar dessa prisão? Quero que mantenha em mim as algemas dessa loucura que estamos vivendo. Eu necessito estar acorrentada a você e sentir o forte abraço que me sufoca. Desliza seus lábios quentes pelo meu corpo nu e faz de mim seu objeto de desejo. Sussurra em meu ouvido que é meu dono, que é proprietário do meu "ser", mas quando eu acordar, após horas de suspiros e delírios, deixarei de lado a obsessão e voltarei pra realidade da minha vida, voltarei para a minha liberdade sem limites, pois ter dono, eu só permito na hora que quero sentir prazer. Nunca lhe enganei. Você sempre soube que minhas asas são maiores do que meus pés, então não tenta acreditar que existe qualquer coisa além do que eu permito que você veja.
- Silvana Hennicka