segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Uma Ilusão Chamada Paixão

"A vida é engraçada... Quem diria que alguém se apaixona pela ideia de se apaixonar! Isso aconteceu comigo e acredito que tenha acontecido com uma infinidade de românticos como eu. O arrebatamento, o frio na bariga, o coração acelerado... são apenas fenômenos biológicos que interpretamos como AMOR. Na cabeça do romântico, isso já é combustível suficiente para mover montanhas pelo "ser" amado, idealizar castelos inteiros de felicidade e começar a correr para construí-los!! Nem ao menos lembramos de avisar o outro sobre o futuro maravilhoso e colorido que "nos" espera, afinal, esse "coitado" não precisa saber de nada, precisa apenas, aceitar esse dito amor e seguir ao lado da pessoa. Eis que então, caímos na real... Quase sempre esse castelo desmorona sem que percebemos que não foi o "outro" que o destruiu e sim, nós mesmos, porque não percebemos que ele nunca existiu, que nunca foi um sonho sonhado a dois. A minha sorte é que além de romântica, eu sou uma otimista nata! Nasci rindo e não tenho vocação pra sofredora, não mais, nem tão pouco para jogar o entulho que se forma atrás de mim no quintal alheio! A vida é uma dádiva, deve ser vivida com intensidade, honestidade e leveza!!

- Silvana Hennicka

 Silvana Hennicka