terça-feira, 22 de abril de 2014

Encontros Com a Verdade

Em busca de respostas, eu viajei por vários mundos e em cada um deles eu vivi emoções diferentes.
No mundo do AMOR, eu sorri, me doei e amei.
No mundo da PAIXÃO, eu andei sobre a linha tênue que divide esses dois mundos que, apesar da diferença, ainda enganam muita gente.
No mundo do PRAZER, eu tive as mais variadas sensações e fiz as maiores loucuras.
No mundo dos SONHOS, eu habitei uma pequena casa com lareira e um cachorro branco.
No mundo da TRISTEZA, eu chorei e percebi que estar triste não significa ser infeliz.
No mundo da CONFIANÇA, eu me decepcionei.
No mundo da MENTIRA, eu descobri que precisava conversar mais com meu coração.
No mundo do PERDÃO, eu descobri o quanto sou forte ao  admitir que gostei do tempo que passei no mundo da mentira.
No mundo do SEXO, eu descobri o quanto é bom fazer amor.
No mundo da SAUDADE, eu descobri o estrago que a distância pode causar aos amantes.
No mundo da VERDADE, eu descobri que dá para superar o mundo da mentira.
No mundo das FLORES, percebi que as borboletas vem sozinhas, basta cuidar do jardim.
No mundo da SUPERAÇÃO, eu descobri que sou mais forte do que a morte.
No mundo da DECEPÇÃO, busquei forças para continuar visitando o mundo do amor.
No mundo do ESQUECIMENTO, eu descobri coisas impossíveis.
No mundo dos PLANOS, eu tentei não pensar no futuro, pois se um dia ele chegar, será na verdade o presente.
No mundo do ÓDIO, senti na pele o quanto as pessoas podem ser cruéis.
No mundo da ESPERANÇA, não encontrei a resposta de uma pergunta, "Prá que esperar?"
No mundo da FAMÍLIA, eu senti pena de quem não pode contar com a sua.
No mundo da PIEDADE, eu notei o quanto eu não preciso disso.
No mundo das VIAGENS, vi vários aviões partirem, mas eu sempre permanecia no aeroporto.
No mundo do MEDO, senti o arrepio de saber que mesmo em meio a uma multidão, sempre estaremos sozinhos.
No mundo da FANTASIA, eu voei, conheci um anjo, conversei com Deus e recebi dele uma terceira oportunidade.
No mundo dos FILHOS, tive mais uma vez a certeza de que quero voltar ao mundo do amor.
No mundo de UMA SÓ PESSOA, eu fui avisada que não existe nós dois, apenas você e eu.
No mundo das PROMESSAS, eu me vi de volta ao mundo das decepções.
No mundo do PARA SEMPRE, eu descobri que tudo acaba um dia e fui arremessada ao mundo da mentira.
No mundo da ARROGÂNCIA, vi pessoas sendo humilhadas.
No mundo do EGOÍSMO, eu senti tristeza pelas pessoas que não sabem somar, apenas dividir.
No mundo da MÁGOA, desejei sair logo e voltar para o mundo do perdão.
No mundo do RECOMEÇO, eu insisti para que me dessem mais uma chance com o passado.
No mundo da CULINÁRIA, eu descobri que também tenho a capacidade de engordar.
No mundo da GANÂNCIA, me dei conta do quanto as pessoas ricas são vazias.
No mundo da AMBIÇÃO, eu vi muita gente acabar sozinho.
No mundo das LETRAS, consegui escrever um livro.
No mundo da IGNORÂNCIA, as pessoas eram cegas.
No mundo da COVARDIA, eu via a violência se fazer presente e homens se esconderem do mundo.
No mundo da VAIDADE, eu descobri a futilidade.
No mundo do CONSUMO, eu descobri que deveriam criar o mundo da doação.
No mundo da INDIFERENÇA, conheci o oposto do amor.
No MEU MUNDO, eu decidi que ninguém mais vai me fazer chorar.

Silvana Hennicka!!!

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Que o amor seja assim, simples, que proporcione uma saudade que não faz sofrer. Que traga lembranças de como foi bom. Que não permita apagar o cheiro, o toque, as sensações que sentimos quando nossos corpos se transformaram em um só. Eu desejo a paz do seu sorriso e a falta de ar que você causa em mim. Te observar foi bom, te sentir, inexplicável e te esperar me faz querer mais e mais. 

- Silvana Hennicka!!