sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Para Uma Simples Reflexão

No dia em que você admitir que faz coisas que me magoam e conseguir me pedir desculpas, talvez  a ideia de te deixar e viver essa amor sozinha, longe daqui, não invada mais meus pensamentos. Não tenho duvidas do que sinto por você mas a incerteza em relação ao que me faz bem e o que me faz mal me deixa instável e decepcionada. Sinto que nem através das inúmeras coisas que já te falei, nem através das inúmeras conversas sobre meus desejos e minha fragilidade como mulher, você aprendeu alguma coisa sobre mim. Estou cansada das indiretas através de textos, mensagens e metáforas estupidas que só aumentam o meu sofrimento quando percebo que você nem liga pra mim, muito menos para o que eu estou querendo lhe dizer. Não vou mais chorar nem tentar te mostrar que você precisa se moldar a mim assim como eu tento me moldar a você, ou o quão rápido você está me perdendo. Eu não quero mais sofrer por amor e quando falo que sinto falta de quando éramos apenas namorados é porque naquela época eu setia que tinha importância pra você. Eu já não sei se você me ama ou se você simplesmente não sabe amar, eu só sei que estou triste e com vontade de não estar aqui quando você voltar pois, eu sei o que vai acontecer, você vai colocar o seu orgulho a frente do nosso casamento e para não transformar nossa vida em um inferno e matar o amor que ainda sinto por você, eu vou me doar e novamente fazer de conta que você não me magoou mais uma vez. É triste pensar no fato de que, o que para você não tem importância, para mim pode significar várias lágrimas que apenas meu coração consegue sentir. Você não é obrigado me amar ou estar ao meu lado, mas se fez essa escolha eu só te peço uma coisa, cuide de mim e do amor que eu tenho pra te doar até o último dia da minha vida. (Anônimo)