quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Estou tentando encontrar asas para poder buscar todas as pessoas que sempre estiveram ao meu lado. Eu queria voar pelo universo e gritar com toda força, o quanto eu sou grata aos meus amigos e a minha família por nunca duvidarem da minha capacidade de superar os problemas. Se hoje eu estou vivendo tudo isso, se a felicidade se faz presente em minha vida 24 horas por dia, a culpa é de vocês. Se eu soubesse a fórmula para dividir a felicidade, eu daria um pouquinho pra cada um de vocês, que nem preciso citar aqui, pois quem faz parte da minha vida, sabe disso,  não havendo assim, necessidade de escrever nomes. Daqui a três horas eu estarei voando pra longe. Quero matar a saudade dos que ficaram quando parti e sentir falta dos que estou deixando pra trás. A minha vida é assim, estou sempre dividida entre a saudade de uns e a alegria de estar próxima de outros. Estou deixando a minha casa, o meu cachorro e o meu amor, mas semana que vem eu volto e tudo estará como estava na hora que parti. Quero agradecer aqui a uma pessoa em especial, que sempre que eu preciso, se desdobra pra me ajudar. Obrigada Sthephani por ter largado o teu serviço pra me socorrer na hora que eu precisei. Apesar de eu ter antecipado o voo e decidido voltar antes do dia previsto, eu sempre vou te agradecer por ter sido prestativa e obrigada também por me ouvir nos meus surtos e me dar conselhos. Você é uma daquelas amigas que eu sempre vou lembrar e sentir saudade, não importa onde eu esteja. (Silvana Hennicka)