sábado, 2 de junho de 2012

Você não sabe amar!

Eu não quero mais isso pra minha vida. Ninguém pode pensar que ama alguém que lhe faz tão mal. Não dá pra acordar todas as manhãs achando que algo de diferente vai acontecer, que alguém vai surgir, do nada, na sua frente e te pedir perdão por ter destruído o seu coração e tatuado o ódio em sua alma. Quero muito mais do que essa mesquinharia pra minha vida. Preciso entender que o tempo passou e que a realidade mudou, já não tem espaço pra você dentro da minha vida e os minutos que ainda reservo pra ficar com você no pensamento, já estão acabando. Eu já virei a página várias vezes, mas insisto em reescrever a mesma história, mas agora, nesse minuto, eu desisto de você e de todo aquele ideal que, de alguma maneira, você me fez acreditar. Revendo a nossa história, dá pra ter uma leve noção de quem você é... nada de anjo ou menino meigo, como eu sempre pensei, você é cruel e nunca saberá o que é amar alguém, pois não consegue ver nada além de si mesmo. Você é hipócrita e pensa que é alguém importante dentro desse mundinho que você inventou e que lhe consome as horas, os dias e a sua vida por completo. Eu posso ter meus momentos de pura tristeza, mas sou feliz por pelo menos, saber como é bom amar, como é bom se entregar a algo que vale à pena. Você pode fazer todas as viagens, comprar os melhores carros e possuir várias mulheres, mas nunca será feliz e nunca conseguirá fazer alguém feliz.


Silvana Hennicka!