quarta-feira, 6 de junho de 2012

Sonho Real

Hoje é um dia daqueles em que a felicidade não cabe no peito. Logo cedo eu tive uma surpresa, que por enquanto vou deixar em off, mas posso afirmar, vai mudar a minha vida. Isso tudo me deu uma sensação de poder que há muito tempo eu não sentia. Não é aquele poder de querer estar acima dos outros, não, é um poder que me dá a certeza de que posso chegar onde eu quiser. Essa força que vem de dentro, tá me transformando em uma pessoa melhor, e por mais que eu adore escrever melancolia e textos tristes, eu sou muito feliz e realizada. Sinto não poder dividir isso com algumas pessoas, que pelos mais variados motivos, se afastaram de mim, mas em relação a isso, já não posso fazer nada, pelo menos vou levar comigo o alívio de ter tentado até o último minuto manter o equilíbrio. Passado acomodado no baú de memórias e eu, agora no presente, depois de um dia maravilhoso de trabalho, onde o sucesso profissional me dá uma satisfação que preenche todos os espaços que antes estavam vazios, eu estou aqui, fazendo o que mais gosto, que é escrever. Estou em cima da linha tênue que separa o não querer acreditar com a certeza de que é real, eu queria voar para longe e sentar em uma montanha ao seu lado e dizer que sinto por você não estar aqui pra dividir isso tudo comigo, mas o dia está se aproximando e espero que você venha logo. Ao assistir o filme que você pediu, eu vi a cena final a qual te fez lembrar de mim. A Aline Moraes esperou por 20 anos, mas eu sei que não será necessário tanto tempo pra estarmos em um aeroporto qualquer e vivermos a mesma sensação das personagens. Desculpem-me, se hoje eu não viajei pelo mundo dos contos, pelos buracos feitos no peito ou pelos vazios da alma, mas hoje, e talvez amanhã não mais, eu queria escrever o meu estado de espírito e simplesmente, expor o que há muito, eu guardo só pra mim, a minha vida plena e completa. Eu sobrevivi a muitas coisas ruins e muitas coisas boas, que serviram de adubo para o meu jardim, que hoje, mais do que nunca, está repleto de borboletas que enfeita a minha vida e me fazem acordar e dormir sorrindo. 

- Silvana Hennicka