domingo, 3 de junho de 2012

Muitas Coisa...

Muitas coisas escrevo, muitas emoções eu vivo, poucas coisas eu mudo. Muitas frases se vão, muitos homens desejei, muitos sonhos dispensei... Ontem eu me perdi, ontem eu chorei e hoje eu renasci... Me reencontrei! Ontem eu fui dormir mais tarde, acordei mais cedo e dormi novamente. Descartei hipótese e imagens distorcidas de quem não quero mais. Tomei café com o Sol no rosto e senti a vida voltando pra dentro de mim. Sou mulher, sou menina, sou feliz... Sou uma pessoa que já não precisa de aprovações pra conquistar o mundo ou os corações que nele se perdem. Sou o ar que alguém dispensou, sou a frio que alguém passou, sou eu mesma e não quero mudar... eu não preciso mudar, eu preciso apenas, imaginar, sonhar e seguir em frente, sozinha, levando meus sonhos em uma mochila, mas se o peso for muito, não exitarei em deixar para trás alguns deles. Sonhar é preciso, mas realizar, nem sempre é necessário. 

Silvana Hennicka