domingo, 13 de maio de 2012

Com Medo de Amar!!

Hoje eu resolvi falar de coisas que eu não me permitia mais lembrar. Resolvi abrir os arquivos do meu coração e expressar o que está fazendo a minha alma sangrar. Hoje é dia das mães, então, teoricamente é meu dia também, mas eu sofro por estar longe dos meus filhos, os dois meninos encantadores de quem eu abri mão de estar perto para lutar por alguém que eu pensava me amar. Não quero me lamentar hoje nem nunca mais, só que eu não consigo suportar essa dor de não ter sido amada da maneira com que eu sonhei. Eu sei que idealizar é um erro que todos cometemos e que as pessoas nunca serão como gostaríamos que fossem, mais eu realmente entreguei meu corpo e minha alma e agora, sinto que não consigo mais "querer" e então, eu fujo. Eu estou bem em cima de uma linha tênue que divide o medo de viver novamente um passado que me fez sofrer e o medo de buscar um futuro que me é incerto. As pessoas falam que eu preciso arrumar alguém que me faça feliz, mas eu não consigo amar, eu não consigo mais me doar. Parece que eu esgotei as minhas reservas em relação a qualquer sentimento. A fonte que antes transbordava, agora está seca e sinto que eu não tenho mais nenhuma gota de amor pra entregar e eu não me permito "estar" sem "sentir". Quem sabe um dia, eu consiga descobrir como fazer para me livrar dessa culpa que ainda invade os meus dias e me faz não ver a luz da Lua. 


Silvana Hennicka!!