terça-feira, 29 de maio de 2012

Não me julguem pelas palavras e não esperem que eu mude, esperem apenas, que eu não fale a verdade sobre os dias iluminados que fazem o meu corpo brilhar e cada vez mais, evidenciar as minhas conquistas. Eu sei que escrevo o passado, que desenho sonhos não realizados e que choro amores que não foram eternos. Faço textos para um ex, para um atual e até mesmo para alguém que ainda nem encontrei, e que pode ser, nunca encontre, mas agora nesse minuto, quero dizer que sinto saudade de você, que no presente, me faz sorrir, me faz viajar e esperar a primavera, como se dependêssemos das flores para viver. Quando chegar, bata na minha porta e fale pro meu coração que você veio pra ficar. Deixe meus dias mais belos e meu jardim mais colorido, para que as borboletas possam esperar o verão e assim, sentir o calor do Sol, da mesma maneira que eu quero sentir você. 


Silvana Hennicka!!
Mais um dia chega ao fim e a noite vem dominado a vasta imensidão que compõe o universo, enquanto eu, continuo me perguntando, quando vou obter as respostas? Quando você vai criar coragem para me explicar os por quês  e assim, livrar-me desse peso que sobrecarrega os meus ombros? Em alguns momentos eu já não quis saber, por que você finge que não sabe que ainda sofro. Eu já não quis saber, se você está feliz e se encontrou paz na sua vida incerta e descompassada. Há muito eu grito e imploro para que alguém me diga que foi um sonho, que foi um engano, que tudo não passou de algo criado pelo meu inconsciente, mas acordo e percebo que foi real, e que marcou a ferro o meu coração. Viver dos pedaços dessa curta vida que tive ao seu lado, virou o meu presente e será o meu futuro, a não ser que você decida me dar as respostas. Eu poderia implorar, eu poderia insistir, mas de nada vai adiantar, já que você, se recusa a me ouvir, a me amparar e se nega me amar. 


Silvana Hennicka!!

domingo, 27 de maio de 2012

Não dá mais pra fingir, não dá mais pra achar que a máscara ainda está na cara. O novo chegou, o velho partiu e o futuro ainda é incerto e frio. Hoje estou aqui, vivendo um segundo após o outro. Hoje eu estou aqui, pensando sobre tudo o que eu quero esquecer, mas que a mente não deixa e assim, o coração sofre. Sou uma mulher difícil de se lidar, mas fácil de se amar. Não tenho exigências prévias, nem tampouco imposições, peço apenas que não me faça sofrer, que cuide do meu coração e que na hora que decidir ir embora, deixe tudo como estava. Na hora que decidir partir, não deixe meu coração em pedaços, pois eu já não tenho tempo para cola-los e não conseguiria viver para sempre com o peito doendo.

Silvana Hennicka!

terça-feira, 22 de maio de 2012

Sei que sou alucinada, escrevo coisas que muitos não entendem e que só tem significado pra mim mesma, mas e daí, não estou pedindo a opinião de ninguém, apenas gosto dessa coisa, de pôr no papel, pedacinhos de mim.

Silvana Hennicka!!
Nunca chore diante de pessoas que não entendem o significado de suas lágrimas, pois chorar é um arte e nem todo mundo é um artista. (Renato Russo)

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Estou escrevendo um conto. Estou escrevendo frases, soletrando rabiscos e decifrando o meu passado. Quero voar cada vez mais alto e me lançar cada vez com mais ousadia. Sou forte, sou o desafio em forma de mulher e uma loba vestida de branco em meio a escuridão. Não acho prudente me provocar, pois viro bicho, faço feitiço, apago as velas e te entrego as trevas. Quero colar os pedaços nos lugares errados, remontar o que caiu no chão e virou pó, reconstruir a minha história, que no meio do caminho se cansou de ser insignificante para virar romance, filme de amor, comédia... Me permiti sair do porão escuro que um dia você me trancou, renasci, conquistei liberdade e aprendi que amar demais faz da vida escravidão, faz dos sonhos, devaneios que te levam para um mundo sem cor, sem brilho, sem nada. Para mim restou um futuro promissor, cheio de coisas realizáveis, para você, restou pensar em mim até o dia em que Deus lhe arrancar o último suspiro.


Silvana Hennicka!!
Quem disse que não foi bom?? Não é porque terminou que não valeu à pena!! Eu faria tudo novamente mas com o cuidado de terminar na manhã seguinte!

- Silvana Hennicka
Um dia as respostas baterão à minha porta e eu as pegarei e guardarei bem longe de mim, pois eu não quero resposta pra nada, eu quero continuar perguntando sem esperar que alguém me fale o que é certo e o que é errado, pois obter respostas, não vai mudar a minha maneira de pensar!

Silvana Hennicka!

terça-feira, 15 de maio de 2012

Quando o seu corpo estiver precisando de calor, no frio do inverno, ou quando o seu coração necessitar do meu para continuar batendo, vem aqui, para eu poder lhe falar que a fila andou e que a sua vez já passou! 


Silvana Hennicka!!

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Estou me reinventando... Estou abrindo uma porta de cada vez e tomando o devido cuidado, para que o vendo não a feche assim que eu passar. Estou rindo mais e com a mesma intensidade, chorando. Sempre que posso falo sobre isso com a Lua, já que, nada melhor do que ela pra me entender. Eu choro, mas não sei por que, nem por quem, nem por quanto tempo, apenas sei que choro. Transbordo de lágrimas, me atrevo, me lanço e me perco em meio a esse mar de lágrimas que meus olhos expulsam sobre a pele frágil do meu rosto. Corrijo as falhas, uso a borracha, construo, faço rabiscos e depois remonto o meu ser. Viro lentamente as páginas de uma vida completa, repleta, instigante, que faz da dor, sorriso, brilho e transforma tudo em amor. Ei de buscar o que falta, vou longe, depressa, me canso, mas não desisto, pois, para te ter vale enxugar cada gota do meu suor e esperar cada pétala que falta abrir, as mesmas pétalas que irão transformar o meu humilde jardim em um lugar digno de você.


Silvana Hennicka!!

domingo, 13 de maio de 2012

Com Medo de Amar!!

Hoje eu resolvi falar de coisas que eu não me permitia mais lembrar. Resolvi abrir os arquivos do meu coração e expressar o que está fazendo a minha alma sangrar. Hoje é dia das mães, então, teoricamente é meu dia também, mas eu sofro por estar longe dos meus filhos, os dois meninos encantadores de quem eu abri mão de estar perto para lutar por alguém que eu pensava me amar. Não quero me lamentar hoje nem nunca mais, só que eu não consigo suportar essa dor de não ter sido amada da maneira com que eu sonhei. Eu sei que idealizar é um erro que todos cometemos e que as pessoas nunca serão como gostaríamos que fossem, mais eu realmente entreguei meu corpo e minha alma e agora, sinto que não consigo mais "querer" e então, eu fujo. Eu estou bem em cima de uma linha tênue que divide o medo de viver novamente um passado que me fez sofrer e o medo de buscar um futuro que me é incerto. As pessoas falam que eu preciso arrumar alguém que me faça feliz, mas eu não consigo amar, eu não consigo mais me doar. Parece que eu esgotei as minhas reservas em relação a qualquer sentimento. A fonte que antes transbordava, agora está seca e sinto que eu não tenho mais nenhuma gota de amor pra entregar e eu não me permito "estar" sem "sentir". Quem sabe um dia, eu consiga descobrir como fazer para me livrar dessa culpa que ainda invade os meus dias e me faz não ver a luz da Lua. 


Silvana Hennicka!!

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Te Necessito Aqui!!

O som da sua voz me é um mistério, mas seus olhos já me passam paz. Nas grandiosas coisas que você faz com pequenos gestos de bondade, leva esperança a um mundo que já não acreditava no amanhã. Te encontrar está muito além de um desejo, tornou-se uma necessidade, que está limitando minha alma, já que perco parte do meu dia com os pensamentos longe daqui. Através de imagens, sei como é cada parte que forma o seu corpo e os contornos do seu rosto me transmitem liberdade. Não me tome como uma sonhadora, ou uma mulher que está em busca de algo que ainda não encontrou, me tome como uma pessoa que consegue sentir, por meio dos poros da sua pele, coisas que seu futuro já traçou. Eu sou um ser único dentro desse corpo, que não consegue se limitar a escrever apenas uma frase, eu preciso escrever uma vida, descrever sentimentos e desenhar o amor. Me perdoe se estou sendo pretensiosa, mas sou sim, única e você é aquele que me leva todos os dias para um cantinho onde mensagens são deixadas, a espera de olhos, que brilhando, traduzem em sorrisos, aquilo que o coração está sentindo. Quando minha poção mágica estiver pronta eu poderei realizar o sonho de fechar meus olhos e sentir meu corpo envolvido pelos seus braços, e nesse dia, apenas nesse dia, eu quero implorar a Deus que me permita parar o tempo, nem que seja por alguns segundos, para que eu não corra o risco de acordar e veja que tudo não passou de um sonho. 


Silvana Hennicka!!

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Teatro da Vida Real

A minha peça de teatro é encenada no palco da vida real e não em um circo de faz de conta, onde as pessoas são apenas personagens que usam de marcações pré estabelecidas para agradar a platéia!

Silvana Hennicka!!

Doce Beijo!

Me leve novamente para aquela fonte inesgotável de amor e devolva os sonhos que me foram roubados. Eu necessito beber mais uma vez dessa água que um dia me devolveu a vida. Esteja você onde estiver, saiba que te necessito dias sem fim , noites sem fim... Lembro-me do momento em que toquei seus lábios. Mesmo estando meus olhos fechados, eu via seu rosto, apenas por sentir o sabor da sua boca... Seu toque, seu calor, seu corpo... Estranha sensação que sinto quando durmo, você me abraça e me protege, me faz viajar por um mundo estranho, onde nada me dá medo ou insegurança, eu apenas flutuo e me sinto feliz. Agora estou acordando e a Lua já partiu, você também... Fico triste quando percebo que no mundo dos sonhos podemos plantar rosas sem espinhos, fazer as borboletas serem eternas, dar vida ao imaginário, mas quando voltamos pra realidade, sentimos o vento gelado dominar a alma e nem o calor do Sol é capaz de aquecer um coração que ainda acredita que tudo pode mudar, que tudo pode acontecer da maneira que um dia ele acreditou que aconteceria. Castelos de areia não duram o verão todo, assim como as mais belas histórias de amor, eles desaparecem e voltam a ser aquilo que lhes deu origem, simples grãos de areia. 


Silvana Hennicka!!

Preciso de Você

Vou gritar aos quatro ventos que te desejo mais do que o ar que necessito para viver. Sem tua presença a vida me é levada para longe e fico frágil, sem rumo, sem a coisa mais importante, que é, a vontade de acordar ao seu lado e sentir novamente o gosto do seu beijo. Lembro do vidro embaçado e do pequeno coração que fiz com o dedo indicador, mas que o ar quente destruiu assim que o motor foi ligado. Agora só tenho um último desejo, não faça o mesmo com o meu coração, que já não pode mais sentir o vidro embaçado, pois o inverno acabou, mas o nosso amor ficou!!


Silvana Hennicka!!

sábado, 5 de maio de 2012

Aprendi que...

...amores eternos podem acabar em uma noite...
Que grandes amigos podem se tornar grandes inimigos...
Que o amor sozinho, não tem a força que eu imaginava...
Que ouvir os outros é o melhor remédio e o pior veneno...
Que o "olhar nos olhos", já não representa sinceridade...
Que um abraço em meio a lágrimas, pode ser frio e vazio...
Que o "melhor amigo", foi inventado por uma pessoa iludida...
Que se olharmos bem, a maioria das pessoas traz consigo uma pitada de hipocrisia...
Que a gente nunca conhece uma pessoa de verdade, que elas são uma caixinha de surpresas, afinal, gastamos uma vida inteira para conhecermos nós mesmos...
Que os poucos amigos que te apoiam na queda, são muito mais fortes do que os que te empurram...
Que as rosas, mais cedo ou mais tarde irão murchar...
Que o melhor dos perfumes, um dia se dissipará...
Que viver comigo mesma é a melhor opção...
Que depender de alguém é na verdade estar só, no meio de uma multidão...
Que sempre que há uma aposta há um risco...
Que um precisa perder, para que o outro possa ganhar...
Que devemos somar e não dividir...
Que os príncipes só existem nos contos de fadas...
Que pessoas perfeitas são uma ilusão...
Que as pessoas se perdem quando lhe dão o poder e o dinheiro...
Que o "nunca mais" nunca se cumpre...
Que o "para sempre" um dia acaba...
Que a minha família, com suas 1000 diferenças, está sempre aqui quando eu preciso...
Que ainda não inventaram nada melhor do que colo de mãe, desde que o mundo é mundo...
Que vou sempre me surpreender com os outros e comigo mesma...
Que mudar para agradar alguém é aprisionar a própria alma...
Que vou cair e levantar milhões de vezes ainda e ainda não terei aprendido tudo, e ainda ficarei decepcionada com muitas pessoas que sempre considerei serem diferentes do resto da humanidade...
Agora me resta levantar de mais esse tombo, com a ajuda de quem realmente merece um pouquinho do amor que ainda me resta no peito, o mesmo amor que eu estou acostumada a distribuir para quem não merece...

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Eu poderia ter a receita certa para a felicidade eterna, mas não tenho, então, procuro sorrir até mesmo quando a tristeza tenta invadir minha alma, pois só assim, eu engano a solidão.

Silvana Hennicka!!

terça-feira, 1 de maio de 2012

Primavera de jardins coloridos e cheiro de flor de ariticum. Cheiro da minha infância, quando eu e o meu irmão brincávamos debaixo de um pé de laranja lima. Ô saudade que faz o peito apertar. Uma infância que vivi intensamente, mas, cresci, e o cheiro da flor de ariticum, continua aqui, assim como uma mensagem dizendo: "Que pena que você foi embora". Saudade, pura e simples, saudade. Por que eu a sinto??? Eu te odeio, saudade!!! Por que tenho tudo tão vivo em minha memória??? Por que estou aqui e não aí??? Não adianta chegar o outono e transformar as flores em frutos, se eu não tenho coragem para apagar o gosto do seu beijo da minha boca, porque assim, como o cheiro da flor de ariticum, ele está aqui e não tem como esquecer. E as tangerinas...??? Essas davam no começo do inverno. Ficávamos, como dizia minha mãe, fedendo, por causa do cheiro de sua casca. E a mensagem??? Estúpida mensagem que me atormenta!! Tão sem conteúdo, sem nada demais... mentira! Para mim, vale mais que um poema escrito em prosa e verso. Isso me basta e eu me arrependo por ter ido embora, deveria ter ficado, deveria tê-lo beijado!!! Agora vamos viver o frio do inverno, que dá preguiça pela manhã. Café e mais café!! Nada de chá gelado ou sorvete, precisamos de chocolate quente e muitos beijos na boca. Um cobertor de orelha, ou um sussurro no ouvido??? Tanto faz, a regra é, transformar o frio em calor e reler a mensagem com cheiro de flor de ariticum.

- Silvana Hennicka