terça-feira, 10 de abril de 2012

Em Seus Olhos...

Em seus olhos, vejo a indiferença que agride a minha alma. 
Em seus olhos,  pude ver o meu futuro e o meu passado. 
Em seus olhos, eu quis estar e neles me acalmar. 
Seus olhos me fizeram viajar e também voltar. 
Seus olhos me fizeram cair na real e perder a razão. 
Seus olhos são o mar onde eu naufraguei e o porto onde eu ancorei. 
No brilho dos seus olhos vi a menina que ainda sou.
No brilho dos seus olhos eu pude pensar e sonhar.
No brilho dos seus olhos eu morri e por causa deles, eu renasci.
Me perdi no seu olhar, me perdi, me perdi...


Silvana Hennicka!!