terça-feira, 13 de março de 2012

E se eu lembrar, já não sangra, já não dói, já não há uma maneira  de explicar o que eu sinto ao lembrar 


Silvana Hennicka!!