quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Um "Ser" Real

Nas memórias de uma fada, a luz.
Nos sonhos de minha mente, um sorriso.
Por que a vida se torna invisível em alguns instantes,
Não espere que eu a deixe de lado.
Sou um sonho que alguém sonhou,
Sou lembranças do que passou.
Me transformei na saudade que alguém sentiu
E no bom tempo que já se foi.
Vivi, amei e sofri, mas não adormeci.
Levei a vida como queria e não pedi conselhos,
Baguncei tudo por dentro e fechei meu coração.
Agora existem regras: nada de lágrimas ou ilusão,
A sabedoria me ensinou que sofrer pela razão errada,
É inventar um fantasma.
Hoje eu sou alegria e sorriso com brilho,
Sou mistério e fantasia,
Sou eu mesma e não mais aquilo que um dia alguém desejou.


Silvana Hennicka!!