segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Mudando o Rumo

Na tentativa de encontrar meus sonhos eu perdi a noite. Fiquei vagando por momentos mágicos e tentativas frustrada. Fui buscar no incerto os motivos para querer o desconhecido e não parar de acreditar na vida. Em certos momentos, quando os meus olhos tentavam visualizar algo que a escuridão não permitia, eu senti que a hora havia chegado. Já é tempo de me entregar novamente ao amor e parar com a ilusão de que as pessoas são todas iguais. É hora de acreditar que a paixão merece tocar novamente a minha pele e fazer meu coração acelerar. Por que não me permitir? Agora o curso da minha história vai ser desviado para um lugar muito além do que estava traçado. Onde antes a água tinha sua vasão, restarão apenas a lama, que aos poucos vai virar um chão batido e seco. Nesse lugar será difícil cultivar flores, mas nada é impossível, pois até no deserto a flor do cactus mostra sua beleza em meio aos espinhos. De nada me interessa saber o antigo curso do rio, o que me interessa agora é direcionar a água para o meu novo mundo. Levarei minha vida e minhas emoções para o lugar onde eu sei, encontrarei meus sonhos. O dia de hoje será um marco na minha vida. Deixarei entalhado em uma árvore qualquer que estou livre e que tomei a decisão de abrir meu coração e dar uma chance, não só a alguém, mas a mim mesma. Quero sentir novamente a segurança da pessoa que me espera todas as vezes que eu precisar voltar. Ainda tenho a sensação de que fraquejarei em algum momento, mas antes de cometer novamente os mesmos erros e dormir como uma derrotada eu cortarei meus pulsos, pois prefiro morrer como uma pessoa covarde a ter que passar a vida sendo tratada como uma coitada que sofre por amor. Fiz tudo o que estava a meu alcance, mas talvez tenha faltado forças para ir além, ou talvez eu tenha visto que não valia mais a pena prosseguir e resolvi desistir. 


Silvana Hennicka!!