terça-feira, 22 de novembro de 2011

Ancorei...

O coração está calmo, batendo no compasso de uma vida totalmente nova. Eu sobrevivi e agora vou recuperar tudo o que me foi tirado por você, começando pelos sonhos. Vou abraçar a causa da vida nova e distribuir oportunidades para a felicidade. Sem você por perto, meu porto voltou a ser seguro e é assim que se manterá enquanto eu transformo sentimentos em palavras nas tortas linhas do diário da vida". Nunca tive tanta fome e vontade de viver. É como se eu estivesse em uma viagem contra o tempo ou é a simples necessidade de tirar de dentro de mim tudo o que me faz sangrar. Vai ser bom voltar para dentro de mim e deixar de fora o tempo escuro e sombrio, pois só assim eu conseguirei espantar os fantasmas que ainda me rondam, com suas caras hipócritas e carregadas de mentiras. Quero deixar minha casa cheirando a jasmim para não lembrar dos antigos perfumes que trazem com eles lembranças tristes. Agora o tempo é de ser feliz, de substituir as músicas, as camisolas, criar pratos diferentes, comprar lençóis novos e superar o fim de ano que eu pensei ter sido o melhor desde que nasci e foi, até eu descobrir que ele nunca existiu, foi uma ilusão, como tudo o que eu idealizei durante todo o tempo que estive ao seu lado. O bom de sonhar, é que você tem a certeza de que, mais cedo ou mais tarde você vai acordar.


Silvana Hennicka!!