domingo, 25 de setembro de 2011

Os sonhos vem e vão, as horas passam, mais uma viagem se aproxima e o coração aperta. Nunca fui tão longe, nem na distância, nem na ousadia, mas se eu não acreditar em mim, quem o vai fazer? Descobri aqui dentro, uma mulher que eu não conhecia, apesar de muitos já haverem dito que eu conseguiria tudo o que desejasse. Ainda não tenho tudo o que desejo, mas já tenho tudo o que eu preciso e uma parte de mim já pode ousar e se arriscar em voos mais altos. Pessoas acreditaram na minha competência profissional mas o mérito de chegar até aqui é meu, pois só eu sei o tamanho do mundo que quero pra mim . Estou apaixonada pela minha nova vida e por tudo o que ainda a de vir. Tudo está perfeito e maravilhoso, mas ter meu primeiro livro aprovado por uma comissão de doutores em uma Editora Pública, foi o ápice de tudo. Eu sempre acreditei nesse projeto e após um ano escrevendo e relendo, o sonho se realiza. Pena que as pessoas a quem eu deveria dedicar minha primeira obra, já não estão mais ao meu lado. O mundo é cruel, as pessoas se vão e agora estou desesperada por não saber o que escrever na primeira página. Nesta noite linda, eu pedirei a minha alma que se liberte e busque as respostas enquanto eu tenho meus sonhos embalados pelas mais lindas melodias, as mesmas que me fazem lembrar as coisas boas que já vivi.


Silvana Hennicka!!