quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Todos temos o poder de voar.

Preciso estar livre para voar.
Aqui não posso mais permanecer.
Não dá mais para ficar presa a este manicômio invisível...
Me resta pensar
Apreciar as grades da solidão... 
Planejar uma fuga...
Preciso libertar meu coração das algemas...
E após resgatar minhas asas, começarei a jornada
Voarei sobre oceanos
Cruzarei o universo, pois sim, eu posso voar
Sentirei a tão sonhada liberdade
Pousarei sobre uma nuvem
Apenas para observar...
E quando chegar a hora
Saltarei ao desconhecido
Para só então, renascer de mim mesma.


- Silvana Hennicka!!