sábado, 23 de julho de 2011

Colando o que Restou de Mim!

Como encontrar paz em meio a tantos conflitos dentro da mente? Por que continuar trabalhando em um jardim que só atrai parasitas? Tenho que parar e refletir... O que estou fazendo com o que sobrou de mim? Ao invés de colar os pedaços para voltar a viver, eu simplesmente faço o oposto, quebro meus cacos mais e mais, reduzindo-os à pó, sem me preocupar com a dificuldade que terei para juntá-los amanhã. Sinto muito ódio do que faço, do que fiz e do que tenho certeza, ainda farei, mas não encontro o "como agir diferente". Por que preciso me autoafirmar todos os dias? Não! Eu não preciso disso! Eu preciso é provar para mim mesma que sou uma mulher verdadeira e não um poço de falsidade, pois só assim, as pessoas que um dia acreditaram em mim, poderão viver em paz e não se sentirão enganadas. Minhas atitudes, por mais que estivessem carregadas de verdade, sempre demonstraram o contrário e a culpa disso tudo é toda minha. Como pude dizer que não teria conteúdo para escrever uma carta? Tenho sim! Tenho muito conteúdo, o qual dará um lindo livro, com uma capa colorida e desenhos de borboletas, onde ao centro ficará aquela foto que foi rasgada um dia, mas que tenho certeza, já está colada novamente, pois se não for assim, prefiro fazer uma capa preta e sem brilho. De todas as dores que carrego comigo, a que mais machuca é a dor do "não saber onde foi o começo do fim..." Agora não adianta mais gastar energia tentando descobrir coisas do passado. Não faz mais sentido esta busca incessante por respostar, preciso é parar de fazer perguntas, pois só assim, os pontos de interrogação me deixarão em paz. Chega! Eu estou cansada de: Por que isso? Por aquilo? Por que eu não agi de outra maneira? Por que errei tanto? Por que? Por que....? Preciso parar com a ilusão de que, se eu tivesse sido outra pessoa em meu próprio corpo, tudo teria sido diferente... Não teria! Tudo teria se dado da mesma maneira, pois cada um tem identidade e personalidade própria, eu sou "eu", você é "você", cada um é "cada um" e partindo deste princípio, eu devo aceitar que, conviver comigo mesma às vezes é insuportável, imagine conviver com pessoas teoricamente desconhecidas, pessoas que tem vontade própria, gostos, medos, ambições, limitações, sonhos... Seres únicos em meio ao universo. Queria ter entendido mais e ao mesmo tempo, ter me amado mais. 
Eu não deveria ter usado o espelho apenas para arrumar o cabelo ou fazer uma maquiagem, eu deveria tê-lo usado para olhar dentro dos meus próprios olhos e ver uma menina linda e sonhadora, a mesma menina que eu matei, quando agi da maneira que agi. Hoje eu até olho bem no fundo dos meus olhos, mas só consigo ver um espaço vazio deixado pelo ser sublime que habitava meu corpo quando o lindo anjo ainda me protegia com suas asas. Mais uma vez os "porquês" voltaram a me atormentar e eu voltei a sofrer. Queria poder dizer a verdade, mas para quê, se dependendo de quem ouvir, isso soará como outra mentira e assim eu vou navegando pelo rio de buscas incessantes, para quem sabe um dia, encontrar novamente um cais seguro, já que meu porto foi destruído por uma tempestade chamada "decepção". Várias vezes eu procurei um sinônimo para a palavra amor, dos vários que encontrei, teve um que chamou-me a atenção e decidi guarda-lo em uma caixa, onde só coloco as coisa mais valiosas. Hoje para mim, amor significa "vida", pois é preciso estar vivo para lutar por aquilo que se quer conquistar e eu não vou desistir de viver. Eu quero acordar todos os dias e ter um motivo para continuar acreditando e este motivo és tu bela borboleta, é só por sua existência que eu decidi voltar a cuidar do meu jardim. 
Espantarei todos os insetos que se apossaram das flores que um dia lhe pertenceram e assim que chegar a hora, você poderá bater assas e voltar para casa, não mais rastejando como uma lagarta, mas como um ser que agora está livre do casulo, assim como eu, e nesse momento, não te pegarei nas mãos para que você possa morrem em paz, mas para devolver a vida que você renega...


Silvana Hennicka!!!