domingo, 15 de maio de 2011

Dois Anjos que me Completam!!


Dois anjos que Deus me deu
Duas almas intercaladas
Nos olhos verdes de um
Meu mundo se encontra
E no sorriso do outro
Minha vida se completa
Vocês são o melhor de tudo
São o melhor de mim
Dois seres com inteligência que assusta
Com ingenuidade que encanta
Uma educação de admirar
E um gênio que me atiça
Fico sem palavras diante do abraço
E relembro as lágrimas de saudade
Dos erros me arrependi
Busco agora, um recomeço
Um geminiano que se basta
Um libriano carente
À vocês eu dei a vida
Por vocês ainda vivo
Nas lembranças daquele quarto
Dois berços e dois rostos
Os dois primeiros dentes 
E os primeiros passos
A palavra tão esperada 
O primeiro "galo" na cabeça
Aquela febre que não cedia 
E um pedido de socorro
Vários travesseiros azuis
E nenhuma chupeta
O choro da madrugada 
Mamadeiras e mais mamadeiras
Hoje a escolha é batata frita
E um refrigerante
Cadê o brócolis que a mamãe fez?
Eca, que nojo
Mas eu continuo amando vocês
Não importa que não sejam vegetarianos
Ou que não queiram ir comigo pra balada
Podem me chamar de careta
Sou mesmo
E faço careta em um sessão de cóscegas
Risos e mais risos
Mais pedidos de socorro
Em uma brincadeira disputada
Pena daqueles que não tiveram mãe
Ou que tiveram apenas alguém...
Ser mãe é estar presente mesmo estando distante
E dentro do que me propus
Acerto e erro
Sou humana
E meus filhos?
Para mim imortais
Especiais...
São o ar que me dá a vida
À cima da rosa e sob a borboleta
Tatuados no meu pé
Dois raios de luz
O Sol e a Lua
O dia e a noite
O incerto e o fascinante.
Um poço de amor que nunca se esgota
Obrigada por existirem
O momento é incerto 
Mas acreditamos nas mesmas coisas
Temos as mesmas crenças
E em cima disso
Construiremos o nosso castelo.
Amo vocês!!


Silvana Hennicka!!!