terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Um Dilema Vivido nos Três Tempos

Se tenho o futuro como resultado do meu presente, sinto que o passado é quem diz o que sou hoje
Se a tristeza hoje ronda minha face, será por que errei em algum momento?
Mas se meu passado me deixa assim é por que deve ter me feito mal
Não consigo entender
Lembro-me das emoções que senti, me faziam suspirar e arrancavam-me risos 
Temo que, se eu simplesmente deixar pra lá o que passou, não conseguirei seguir em frente
Foi o que vivi lá atrás, que se tornou o combustível para que eu possa seguir a viagem e chegar ao meu destino, que faz parte de um futuro distante
Não consigo identificar se a tristeza sentida pelo meu coração no agora, seria por não ter mais o que foi bom, ou por não ter perspectiva de viver novamente o que passou
Tentar não lembrar do que sonhei ao teu lado é um martírio, pois eu amei cada minuto, por outro lado se me lembro, sinto meus olhos se enchendo de lágrimas e então sofro da mesma maneira
Gostaria de aprender a receita básica de guardar o que foi bom dentro de mim e ser feliz apenas por ter vivido 
Não posso
Meu coração me diz que para trazer ao presente as emoções e os sonhos do passado, é preciso fazer uma viagem inversa, colocar todo aquele conteúdo em uma mala e voltar, pois só assim poderemos ser felizes novamente, mas minha mente insiste que, buscar no passado uma razão para a felicidade de hoje é errado
Eu poderia ler textos e mais textos a respeito de assuntos que dizem que devemos enterrar o passado e viver apenas o presente, sem nos preocuparmos com o futuro
Novamente não entendo
Se eu viver o presente, sem lembrar do passado, não poderei aprender com os meus erros, e não poderei assim, construir o meu futuro
Só sou o que sou por que vivi algo, bom ou ruim em algum tempo qualquer, já passou, mas existiu e isso me traz tristeza em algum momento, é inevitável
Se hoje você se olhar no espelho e ver as rugas que o tempo insiste em colocar no seu rosto junto com os cabelos brancos, lembrar do dia do seu casamento, enquanto jovem e apaixonado, fará você chorar, aquele provavelmente, foi um dos dias mais felizes de sua vida, mas hoje no presente lhe trará angústia e essa não é uma lembrança que possa ser trazida para o presente para mudar seu futuro, pois talvez o futuro já não exista mais para você
Mas se você ainda tiver a oportunidade de olhar para o lado e ver que a pessoa que esteve com você na hora de viver as alegrias, as tristezas e as decepções, ainda está ao seu lado, com aquele rosto também calejado pelo tempo para enxugar suas lágrimas, então sim, vale sofrer por um passado e mesmo que, o futuro seja incerto, não tem importância, pois o maior e mais forte dos sentimentos ainda está em você
Se deixarmos o amor falar mais alto, não precisaremos chorar por um passado ou ter medo de um futuro, basta acreditar que nada é por acaso e que somos apenas seres em busca de felicidade, esteja ela, atrás ou à frente do tempo, não importa, basta querermos muito ser feliz "hoje"
Toda receita por mais fácil que pareça, pode dar errado, se não for executada com cuidado e dedicação
Os ingredientes corretos e a quantidade é fundamental, assim como na vida
Se você colocarmos sal em um bolo, no lugar do açúcar, ele ainda será um bolo, mas dificilmente alguém conseguirá comê-lo, pois a essência dele é o seu sabor adocicado, e em um relacionamento a essência é a vontade de que dê certo, a vontade de querer entender por que a outra pessoa agiu de tal maneira, por que disse algo que ofendeu, por que está triste, ou chorando, ou feliz, ou simplesmente não querer papo, essa é a essência de uma vida a dois, ter a sensibilidade de entender o "por que" do outro
Quando o amor é verdadeiro, em um simples olhar deveríamos saber a necessidade do outro, na maioria das vezes se sabe, mas não se quer ver, ou simplesmente achamos que não é importante à ponto de falar ou fazer qualquer coisa e sendo assim, um amor que poderia ser eterno, acaba sendo sufocado pelo egoísmo, falta de compreensão, pela prepotência e muitos outros adjetivos que o ser humano insiste em carrega nas costas
Saber dosar as emoções e pedir ajuda sempre que necessário, pode ser a peça fundamental do sucesso em uma das profissões mais desafiadoras, e que poucas pessoas conseguiram obter sucesso, pois conseguir um diploma na faculdade que ensina como lidar com os próprios sentimentos, já é difícil, quando você precisa aprender a lidar com os sentimentos de outra pessoa, então isso se torna quase impossível
Nós estamos em uma luta diária com o lobo mal querendo destruir o lobo bom que está dentro da gente
Eu já me perguntei várias vezes, se estamos dando alimento para esta fera, que a maioria das pessoas chama de ego, deixando assim, morrer o inocente lobo bom, que eu posso afirmar com certeza se tratar da nossa alma, por querer, ou por não termos coragem de parar de alimentá-lo e ele querer sair do nosso peito, e assim, sentirmos falta, pois no fundo ele nos fazia bem, nos dava uma sensação de poder e dominação e assim seríamos manipulados, sem chance de defesa
Continuo sem entender
Por que no lugar de alimentá-lo com sentimentos ruins, simplesmente não o deixamos morrer de fome?
Busco estas respostas a cada minuto que vivo e enquanto eu não conseguir obtê-las, eu vou continuar procurando, pois só assim eu poderei encontrar a unica coisa que tem a capacidade de buscar meu passado, para poder assim ser feliz no presente e realizar todos os meus sonhos, que hoje so fazem parte do meu futuro.


Silvana Hennicka!